Se os indivisários, que representam, pelo menos 2/3 dos direitos indivisos, pretendem vender o bem, e o terceiro restante continua a recusar a venda, deverão dirigir-se ao Tribunal de Grande Instância (TGI) que procederá à sua venda em leilão. Saber mais sobre a saída da indivisão.